Bitcoin cai 10% com rumores de rejeição de ETFs

O Bitcoin caiu quase 10% na manhã desta quarta-feira (3) após surgirem rumores que a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) rejeitará todos os ETFs nesta semana. A queda da moeda digital começou após a Matrixport publicar um relatório afirmando que a agência reguladora americana recusará todas as propostas de ETFs à vista […] Fonte: Bitcoin cai 10% com rumores de rejeição de ETFs Veja mais notícias sobre Bitcoin. Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

 6
Bitcoin cai 10% com rumores de rejeição de ETFs

O Bitcoin caiu quase 10% na manhã desta quarta-feira (3) após surgirem rumores que a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) rejeitará todos os ETFs nesta semana.

A queda da moeda digital começou após a Matrixport publicar um relatório afirmando que a agência reguladora americana recusará todas as propostas de ETFs à vista de bitcoin. A previsão contraria o otimismo geral do mercado sobre a aprovação de tais ETFs.

Os analistas da empresa basearam a análise na política atual e nas preocupações de conformidade, destacando as declarações recentes do presidente da SEC, Gary Gensler, sobre a necessidade de uma conformidade mais rigorosa no setor de criptomoedas.

O Presidente da SEC enfatizou os desafios de fraudes e não conformidade na indústria, reiterando a cautela da comissão em relação à aprovação de novos produtos financeiros baseados em criptomoedas.

A expectativa da Matrixport é de que, com a provável rejeição da SEC, ocorram liquidações em cascata no mercado, impactando negativamente o preço do Bitcoin. A empresa de análises prevê uma possível queda de até 20%, levando o valor da criptomoeda para a faixa de US$ 36.000.

Bitcoin cai após rumores de rejeição de ETFs (Imagem: CoinMarketCap)
Bitcoin cai após rumores de rejeição de ETFs (Imagem: CoinMarketCap)

Bitcoin cai com rumores de rejeição de ETFs

A previsão pessimista da Matrixport parece ter abalado a confiança dos investidores. O Bitcoin, que estava sendo negociado a US$ 44.700 antes da divulgação do relatório, sofreu uma queda abrupta de quase 10%, refletindo o nervosismo do mercado.

A notícia é particularmente marcante, considerando que o Bitcoin havia experimentado um crescimento de cerca de 11% desde o início do ano e de 67% nos últimos três meses.

A queda do Bitcoin também causou uma onda vermelha no mercado, resultando em mais de US$ 460 milhões em posições longas sendo liquidadas em apenas uma hora.

Segundo dados da CoinGlass, traders de longo prazo enfrentaram perdas substanciais, aproximadamente US$ 462 milhões, nas principais exchanges.

O cenário catastrófico ocorreu nas últimas 24 horas, resultando na liquidação de 172.626 traders. Do total, as liquidações longas somaram US$ 557 milhões, enquanto as liquidações curtas alcançaram cerca de US$ 58 milhões.

A OKX, uma das principais corretoras do setor, foi a mais afetada, com liquidações superando US$ 230 milhões. Ela foi seguida pela Binance, com US$ 105 milhões, e pela Huobi, com cerca de US$ 74 milhões.

A maior parte dessas liquidações ocorreu na última hora, com o valor das posições liquidadas atingindo impressionantes US$ 487 milhões, de acordo com dados do CoinGlass.

O mercado de futuros de Bitcoin foi igualmente afetado, registrando US$ 110 milhões em liquidações curtas e longas no último dia. Além disso, os futuros vinculados ao Ethereum também enfrentaram turbulências, com mais de US$ 82 milhões em liquidações.

A Matrixport, em uma postagem recente no Twitter, alertou os traders sobre a necessidade de protegerem suas exposições diante do ceticismo do presidente da SEC.

A empresa também antecipou uma queda potencial de até 20% no preço do Bitcoin após a negação do ETF, embora mantenha uma perspectiva positiva para o final de 2024.

Fonte: Bitcoin cai 10% com rumores de rejeição de ETFs

Veja mais notícias sobre Bitcoin. Siga o Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.